É TARDE É TARDE É TARDE É TARDE ÉTARDE

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Obaluayê Omulu Atotô meu Pai

Conta a lenda que Omulu foi salvo por Iemanjá quando sua mãe, Nanã Buruquê , ao vê-lo doente, coberto de chagas, purulento, abandonou-o numa gruta perto da praia, Yemanjá recolheu Omulu e o lavou com a água do mar. O sal da água secou suas feridas. Omulu tornou-se um homem vigoroso, mas ainda carregava as cicatrizes, as marcas feias da varíola. Omolu, Obaluaiê, Sapatá, Xapanã, Jagun, Orixá, santo, umbanda, candomblé. Orixá Yemanjá confeccionou para ele uma roupa toda de palha da costa . E com ela ele escondia as marcas de suas doenças. Ele era um homem poderoso. Andava pelas aldeias e por onde passava deixava um rastro ora de cura, ora de saúde, ora de doença. Mas continuava sendo um homem pobre. Yemanjá não se conformava com a pobreza do filho adotivo. Ela pensou: "Se eu dei a ele a cura, a saúde, não posso deixar que seja sempre um homem pobre". Ficou imaginando quais riquezas poderia dar a ele. Iemanjá era a dona da pesca, tinha os peixes, os polvos, os caramujos, as conchas, os corais. Tudo aquilo que dava vida ao oceano pertencia a sua mãe, Olocum, e ela dera tudo a Iemanjá. Iemanjá resolveu então ver se tinha algumas coisas que pudesse dar para Omulu Iemanjá se enfeitava mesmo era com algas. Ela enfeitava-se com a água do mar, vestia-se de espuma. Ela adornava-se com o reflexo de Oxum , a Lua. Mas Iemanjá tinha uma grande riqueza e essa riqueza eram as pérolas, que as ostras fabricavam para ela. Iemanjá, muito contente com a sua lembrança, chamou Omulu e lhe disse: "De hoje em diante, es tu quem cuidas das pérolas do mar Serás assim chamado de Jeholu, o Senhor das Pérolas" Por isso as pérolas pertencem ao Orixá Omulu. Por baixo de sua roupa de palha , enfeitando seu corpo marcado de chagas, Omulu/Obaluay
ê ostenta colares e mais colares de pérola, belíssimos colares. Características De Omolu Seu Dia da semana: segunda-feira as suas Cores: preto, vermelho e branco o seu Símbolo: Xaxará (um tubo de palha trançada com sementes mágicas e segredos dentro). Númerologia: 13 Comida (adimu): pipoca Saudação: Atotô!

Lyray Reader