É TARDE É TARDE É TARDE É TARDE ÉTARDE

quinta-feira, 28 de maio de 2015

A Consciência da Totalidade

Parte I

   


Este texto é importante no processo de expansão da consciência em relação a 

Totalidade,assim quando você medita é possível sentir a consciência do Todo (Deus, 

Unidade, Logos, Mente Universal ou consciência Universal) e das partes - da “sua” parte

no Todo. UM Logos vive dentro de outro Logos, que é o corpo do Grande Logos.

Quando pensamos na totalidade como consciência,  é possível sentir no movimento das

nuvens, da natureza, das estrelas a consciência inteligente.

“O universo se torna real exatamente como é porque a consciência do todo dita que, de

 miríades de possibilidades, somente se desenvolvam as estruturas, forças e meios

 essenciais para a posterior evolução.

Níveis diferentes de consciência correspondem a qualidades e frequências de expressões

 ou formas de energia diferentes. Quanto mais elevada a consciência, mais elevada será

 a frequência energética e mais completa a totalidade.

Evoluir a um nível superior de energia/consciência causa uma mudança na percepção; de

 uma vibração de frequências mais baixas para uma percepção de frequências mais altas.

 O antropologista Roger Westcott levantou a hipótese de que a consciência seja uma 

bioluminescência interior. 

 Sob esse aspecto, a iluminação pode ser vista como um derradeiro estado de 

consciência no qual a energia em forma de luz simplesmente se irradia de dentro para

 fora, passando da totalidade pessoal para a totalidade universal.

       Estado atingido por Buda 


,     " Um bodisatva ou bodhisattva (em sânscrito: बोधिसत्त्व bodhisattva; 

      em páli: बोधिसत्त bodhisatta), é um ser [sattva] iluminado [bodhi]."

  Tradicionalmente, um bodhisattva é qualquer pessoa que, movida por grande 

compaixão, gerou bodhicitta, que é o desejo espontâneo de atingir o mesmo status 

de Buda para o benefício de todos os seres sencientes . 

  De acordo com o budismo tibetano,bodhisattva é um dos quatro estados sublimes que um ser humano pode alcançar em vida (sendo os outros

três: Arhat, Buddha e Pratyekabuddha).
    
   Quando você chegar lá, então os pensamentos tornar-se-ão calmos mesmo sem os ter

 acalmados, o sossego e o discernimento surgirão sem ser produzidos, a mente 

do buddha aparecerá sem ser revelada. Pode-se tentar compará-la ao cosmos ou à luz de

 milhares de sóis que estão além do céus da Terra.— Wei-tse.


#lyraylemos. Fonte : http://pt.wikipedia.org/wiki/Bodisatva

 O conceito de complementaridade de Bohrn  argumenta que a luz por si mesma não tem 

propriedades; o que descrevemos como luz é nossa interação (força) com ela. Em outras

 palavras, criamos a imagem de luz com nossa consciência. As propriedades

 onda/partícula da luz são consistentes por si mesmas; caso contrário, a luz não poderia

 existir. Mas pelo fato de a nossa percepção da luz ser dividida, nós a vemos ou como 

partícula ou como onda, embora ambas sejam necessárias para entendermos o

 fenômeno da luz completamente. 

  Segundo Zukav: “... a complementaridade leva à conclusão de que o mundo não 

consiste em coisas, mas em interações.


  Portanto, com um senso mais perfeito de totalidade, possível substituir a dicotomia 

 entre individual/separado (newtoniana e todo/inseparável (física quântica) por um

 relacionamento complementar no qual as partes individuais são uma função do todo.


 A totalidade, por outro lado, é a aceitação das polaridades da vida como processos

 confluentes de energia (como quando fluxos correm para o mesmo ponto).

 Nossa consciência cria a estrutura tanto para a separação quanto para a totalidade,

 dependendo do nosso estágio de desenvolvimento.

 By Lyraylemos 


Lyray Reader